MEU ACESSO
CONECTE-SE:
MEU ACESSO

# Blog do Novos Tempos

Colégio Novos Tempos

Estamos passando por dias cada vez mais difíceis. As pessoas são frias, vazias e estão cada vez mais egoístas e egocêntricas, presas em seus quartos, em seus celulares, tetando se distrair com aquilo que não as leva a nada. Não há mais afeto, não há mais amor a não ser a si próprio, ao dinheiro e ao sexo.

O ser humano desaprendeu a viver em conjunto, coisa que jamais ocorreu com nenhuma espécie. Crescemos aprendendo a fazer cálculos matemáticos, crescemos sabendo fatos históricos, crescemos sabendo ser controlados pela tecnologia, queremos ser cientistas, astronautas, famosos artistas, astros do mundo (entretenimento), mas não sabemos olhar para a necessidade do outro e se compadecer dele.

Para nós, é muito mais interessante ter um IPHONE 6, um carro novo, ser a mulher ou homem mais bonito, ter um corpo atraente, uma festa de bombar, mas não olhamos para o próximo que come o que jogamos no lixo e ajudá-lo. E isso porque, uma das gerações mais evoluídas (desenvolvidas) do planeta e da história.

Oh, quão miserável é o ser humano! Até as formigas, os gafanhotos e os bois sabem viver melhor do que nós. Dentro deles, eles não procuram aos seus interesses, eles não querem ser os melhores. Tudo o que eles querem é ver o seu próximo bem também, entendem que o bem de todos juntos é melhor que o bem de um só indivíduo.

Já nós, somos ao contrário: “O que eu quero é me dar bem, o que o próximo passa é problema dele”, assim, pensam nós, pobres ser humanos. Tal homem faz festas de confraternização, declara amizade e amor ao próximo, está rindo e se divertindo com o próximo, diz amar as pessoas ao seu redor, dá apelidos carinhosos ao próximo, mas ainda que suas palavras sejam mais macias que a manteiga e brandas que o azeite, no seu interior há guerra, ódio, inveja, de tal forma que estamos com o próximo só quando ele, de alguma maneira satisfaz nossos interesses.

 

Já é hora de mudarmos nosso comportamento para aprendermos a viver em coletividade. Viver em sociedade não é ter milhares de amigos. É saber conviver com todos, Viver em sociedade não é aceitar o erro do outro, mas sim repreendê-lo e ajudá-lo a vencer suas limitações. É estender a mão para o próximo, se doar por ele, ainda que sejamos ríspidos. Amar não é ser bobo. Amar não é espalhar sorrisos, não é ser legal e carismático. É de doar para ajudar o próximo, com todo o coração. É melhor termos palavras frias e repreensões sinceras com o coração transbordando de amor ao próximo do que palavras legais e amorosos com o coração cheio de ódio e hipocrisia. Pensemos nisso e coloquemos isso em prática em nossas vidas. Do jeito que está não dá. Se a frieza toma o coração do homem inteligente e evoluído, o que será que o tornará retroceder?  

Autora: Bárbara Luisa Crispim Robeiro, 13 anos, aluna-8º ano

15/12/2016 09:12:55
« Anterior |  [1] Próximo »
INSTITUTO EDUCACIONAL NOVOS TEMPOS - IENT - Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados.
Av. Prefeito Gil Diniz, 373 - Centro - Contagem / MG - Cep: 32013-650 - Telefax: (55 31) 3391-6097 - ient@ient.com.br
Toque Web - Desenvolvimento Web